10 Calmantes para dormir

11
10 Calmantes para dormir
10 Calmantes para dormir – Foto: Arquitetura do Sono

Você está sofrendo com insônia ou dorme mal a noite e quer conhecer alguns tipos de calmantes para dormir? Se sua resposta foi ‘sim’ para essa pergunta, saiba que veio ao lugar certo.

Aqui falaremos apenas de calmantes naturais para dormir, ou seja, nada de remédios que precisam de receitas para comprar.

Uma parte desses calmantes provavelmente você reconhecerá pois são de conhecimento popular, talvez sua avó, mãe ou mesmo uma amiga mais velha já tenha indicado para você.

A vantagem dos calmantes para dormir naturais é que eles não são viciantes, ou seja, não causam dependência. Outra vantagem é que alguns deles você pode comprar até mesmo no mercadinho da esquina.

A insônia ou noite mal dormida é um dos problemas que afetam cada vez mais os brasileiros e também milhões de pessoas ao redor do mundo.

 

Diferença entre insônia e noite mal dormida

Muitas pessoas não conseguem distinguir a diferença entre sofrer de insônia ou sofrer de noites mal dormidas, mas afirmamos aqui que as diferenças são grandes.

Abaixo explicamos a diferença entre as duas:

 

Insônia

Sofrer de insônia é quando a pessoa não consegue pegar no sono, passando horas ‘rolando’ de um lado para outro na cama.

A insônia pode ser causada por muitos motivos, entre eles podemos citar:

  • Ansiedade;
  • Nervosismo;
  • Cansaço;
  • Problemas pessoais ou profissionais;
  • Depressão.

Note que uma das causas para a insônia pode ser o cansaço. Sim, embora isso pareça meio estranho, pode acontecer.

Normalmente pensamos que uma pessoa fisicamente cansada (como após um dia exaustivo de trabalho) é uma pessoa que vai ‘deitar e dormir’, mas na realidade a situação pode ser bem diferente.

O cansaço físico pode provocar dores e mesmo agitação na hora de dormir.

Uma forma simples de explicar esse caso é o seguinte.

Trabalhando de forma exaustiva o corpo fica tenso e isso dificulta muito na hora de relaxar para dormir, causando assim a insônia.

Sem contar que se a pessoa sofre com insônia normalmente precisa de  alimentos e bebidas energéticas como o café durante o dia.

Um corpo cansado e cheio de energético dificulta ainda mais o dormir.

Outro detalhe a notar é a depressão. Por ‘regra’ a depressão faz a pessoa dormir demais, desmotiva a pessoa a querer sair da cama para fazer até mesmo a menor das atividades, entre outros problemas.

Porém essa ‘regra’ nem sempre ocorre. Pode acontecer de uma pessoa ter depressão e se manter sempre ‘ligada’.

Se o seu problema de insônia está ligado a depressão então você deve procurar um médico especialista para receitar os remédios corretos pois esses calmantes para dormir naturais terão pouco ou nenhum efeito em você.

Depressão é uma doença muito séria e que não pode ser negligenciada pois em muitos casos as consequências podem ser muito sérias.

 

Noite mal dormida

Já a noite mal dormida não significa que a pessoa sofre de insônia (mas pode ocorrer de ter os dois problemas).

Você pode ter facilidade em dormir mas não consegue ter um sono de qualidade acordando várias vezes (em alguns casos, dezenas de vezes) durante a noite.

O resultado disso? A pessoa acorda com a sensação de que não descansou (e normalmente com a cama toda revirada).

Isso pode ser desencadeado pelos mesmos problemas que desencadeiam a insônia, principalmente na questão do cansaço.

São necessários pelo menos 45 minutos de sono para atingirmos o ‘Sono REM’ que pode ser traduzido como ‘sono profundo’.

É durante esse estágio que acontecem coisas como os sonhos e também é nesse estágio que o corpo descansa de fato.

Se você acorda várias vezes durante a noite, tendo assim uma noite mal dormida o que ocorre é que você não tem a sensação de descanso, acordando muitas vezes mais cansado do que quando foi dormir.

 

10 calmantes para dormir naturais

Agora que já explicamos a diferença entre insônia e noite mal dormida vamos falar enfim dos calmantes para dormir naturais para combater esses problemas.

Existem muitos calmantes para dormir naturais, mas aqui vamos citar 10 deles. Confira:

  1. Maracujá;
  2. Chocolate;
  3. Kava-Kava;
  4. Camomila;
  5. Erva-doce;
  6. Valeriana;
  7. Melatonina;
  8. Atividade física;
  9. Banho quente;
  10. Evite aparelhos eletrônicos.

Abaixo explicaremos cada um desses itens da lista.

 

1. Maracujá

Esse é um daqueles calmantes para dormir que você deve ter crescido escutando os mais velhos falarem frases como ‘está muito nervosa, toma um suquinho de maracujá’ ou coisas do tipo.

De fato eles não estavam errados e existe mesmo sabedoria nessa frase.

O maracujá ou mesmo o chá de Passiflora (nome dado a flor do maracujá) são excelentes para acalmar e também combater problemas como nervosismo, ansiedade e a insônia. Ela também combate as noites mal dormidas.

Você pode escolher entre fazer um suco do maracujá ou mesmo comer a poupa da fruta.

Porém que fique claro que precisa ser a fruta mesmo, não adianta tomar os sucos artificiais.

O chá de Passiflora também traz os mesmos efeitos. É possível também encontrar a Passiflora em capsulas tanto em farmácias como em lojas de produtos naturais.

A vantagem das capsulas é que elas são rápidas para ingerir, não necessitando de nenhum preparo.

A desvantagem dela nesse formato é que ela costuma ser mais caro do que a sua versão para chá.

Outras vantagens do Maracujá / Passiflora são:

  • Sensação de relaxamento e bem-estar;
  • Aumenta a proteção contra infecções;
  • Melhora a concentração e também o foco da pessoa;
  • Diminui o estresse, nervosismo, ansiedade;
  • Auxilia na prevenção contra a depressão;
  • Auxilia no controle da pressão arterial.

Muitas pessoas sofrem de pressão alta devido problemas de ansiedade, estresse ou nervosismo. Como o Maracujá / Passiflora auxiliam no combate a esses problemas também ajudam na diminuição da pressão arterial.

 

2. Chocolate

Sim, o chocolate também auxilia no combate a insônia. Porém para obter esse beneficio é importante que você ingira o chocolate no mínimo duas horas antes de ir dormir.

Isso é necessário pois o chocolate também é um estimulante e se consumido muito próximo da hora de dormir ele terá efeito oposto ao desejado.

Também não adianta comer um monte de chocolate pensando que isso fará você ter uma noite de sono melhor pois o efeito também será o oposto ao desejado.

O ideal é consumir cerca de 50 gramas de chocolate e quanto mais amargo melhor pois quanto mais amargo mais cacau terá e é ele que traz esse efeito calmante e ‘sonífero’ para o chocolate.

Se você já tem uma vida sexual ativa entenderá perfeitamente a nossa explicação agora, porém se você ainda não tem uma vida sexual ativa terá que entender pela teoria a função.

O chocolate estimula campos do nosso cérebro e libera hormônios em nossa corrente sanguínea da mesma forma que um orgasmo faz.

Por isso que gostamos tanto de chocolate, não é só pelo seu gosto, mas também pelo efeito que ele causa no nosso cérebro e corpo.

A sensação de relaxamento e bem-estar que o orgasmo proporciona também estão disponíveis no chocolate.

Ou seja, o chocolate consumido na quantidade certa e dado o prazo de tempo corretos facilitam a pegar no sono e também traz uma noite de sono mais tranquila.

 

3. Kava-Kava

A Kava-Kava (também conhecida como Kawa-Kawa) é um excelente relaxante muscular e também ansiolítico.

Por ser um ansiolítico natural ela combate problemas como nervosismo, estresse e ansiedade e como também é um relaxante muscular ela traz amplos benefícios contra a insônia.

Como dito um pouco mais acima, a tensão muscular e também o cansaço muscular são um dos fatores que causam a insônia e principalmente as noites mal dormidas.

A Kava-Kava relaxa a musculatura assim como fazem os relaxantes musculares comprados em farmácias. Isso traz por si só uma sensação de bem-estar e diminui as dores no corpo o que facilita o adormecer.

Além disso um dos problemas relacionados a insônia é a ansiedade. Por exemplo, a pessoa não consegue dormir pois fica pensando no que precisa fazer no outro dia, nos boletos que não foram pagos e etc.

Ou seja, não consegue dormir pois o cérebro não para nunca. Todas essas preocupações também resultam em hormônios e substâncias liberadas pelo cérebro que fazem mal para o corpo.

Não é incomum casos de depressão surgirem como um ‘novo estágio’ da ansiedade. A pessoa fica durante tanto tempo ansiosa que acaba evoluindo isso para depressão.

Porém para tomar Kava-Kava é necessário cuidado pois não se deve ingeri-la por muitos dias consecutivos pois ela pode trazer danos ao fígado.

Por esse motivo se você já sofre de algum problema no fígado não deve tomar o chá de Kava-Kava (e nem suplementos a base de Kava-Kava) em hipótese alguma.

 

4. Camomila

O chá de camomila é outro dos calmantes para dormir naturais amplamente conhecidos.

E não é por menos, a camomila é fácil de encontrar em qualquer lugar, até mesmo em supermercados e é um calmante leve e que pode ser utilizado até mesmo por crianças e gestantes.

Mesmo sendo um calmante leve ele traz inúmeros benefícios para a pessoa.

Ele combate a ansiedade, insônia, nervosismo, diminui a ‘hiperatividade’ do cérebro e ajuda a relaxar o corpo.

Além disso outras vantagens dele são:

  • Combate enjoos (excelente para gestantes nos meses iniciais);
  • Combate azias e má digestão;
  • Diminui as cólicas menstruais.

Ou seja, o chá de camomila serve para muitas outras coisas além de ser um dos calmantes para dormir mais conhecidos.

 

5. Erva-doce

A erva-doce também é um calmante leve e está nessa lista de calmantes para dormir devido à facilidade de ser encontrada (assim como a camomila).

Ela é recomendado para casos onde a pessoa não sofre de insônia com frequência.

No caso ela é recomendada para as pessoas que estão com algum problema para dormir naquele dia em específico e não tem muito efeito para uso contínuo.

Seus outros benefícios são mais conhecidos, tais como:

  • Alivio de cólicas;
  • Diminuição de enjoos;
  • Ajuda a evitar a retenção de líquido;
  • Diminui os sintomas da menopausa.

Ela também pode ser utilizada para aliviar as cólicas de bebês acima de 6 meses, desde que o chá seja feito em uma concentração baixa.

 

6. Valeriana

A valeriana é um excelente calmante para dormir e pode ser utilizado para casos mais ‘fortes’ de insônia, onde a pessoa tem dificuldades para dormir diariamente.

Ela é um excelente sedativo e também excelente para o combate da ansiedade.

Ela também serve como um relaxante tanto físico quanto mental. Para obter os melhores resultados o chá deve ser consumido 30 minutos antes de deitar.

Mas se engana quem pensa que a valeriana só serve para isso. Entre seus outros benefícios estão:

  • Auxilia no emagrecimento (pois diminui a ansiedade);
  • Diminui a pressão arterial (não deve ser utilizada por quem sofre de pressão baixa);
  • Diminui cólicas.

 

7. Melatonina

A melatonina é produzida naturalmente pelo nosso corpo e é ela que nos dá a sensação de sono.

Porém nem sempre ela está ‘regulada’ no corpo.

Uma forma de tentar aumentar a sua produção naturalmente é:

  • Ficar em ambiente escuro sem estímulos visuais com luzes;
  • Ler um livro;
  • Tomar um banho quente;
  • Deitar em um local sem estímulos auditivos ou visuais.

Caso isso não resolva você pode comprar comprimidos de melatonina, para regular o seu ‘relógio biológico’.

Mas para fazer isso o ideal é consultar um médico (embora ela possa ser comprada sem a necessidade de receita).

Faça isso para saber a quantidade que você deve consumir antes de deitar para não ter problemas posteriores, como por exemplo, passar o outro dia com sonolência.

 

8. Atividade física

Se você trabalha ‘parada’ uma boa opção é uma atividade física de leve a moderada, como uma caminhada ou mesmo andar de bicicleta.

O exercício físico nesse caso serve como um relaxante físico e mental para o seu corpo.

Vai dizer que você nunca se sentiu irritada ou incomodada após um dia exaustivo de trabalho onde você precisou ficar todo o período sentada ou em uma mesma posição?

Além disso você ainda melhora seu condicionamento físico.

 

9. Banho quente

Para esse tópico da lista de calmantes para dormir, o ideal é você ter uma banheira. Porém se não tiver, o bom e velho chuveiro também serve.

A aguá quente serve para relaxar o corpo e iniciar a produção de melatonina no corpo.

Outra função do banho é fazer você pensar nos seus problemas enquanto está no chuveiro e não depois que vai para cama.

Depois do banho evite os estímulos visuais (como TV, computadores e smartphones) e procure um local escuro e silencioso.

 

10. Evite aparelhos eletrônicos

Os estímulos visuais diminuem ou mesmo impedem a produção de melatonina que, como dito, é a responsável por ‘trazer o sono’ para a pessoa.

Isso ocorre pois a luz emitida pelos aparelhos funcionam como estímulos visuais assim como a luz do Sol e isso mantém nosso cérebro em estado de alerta.

Se você não tiver outra opção e precisar utilizar o seu smartphone, mantenha a luz dele no mínimo possível.

 

Gostou das 10 dicas de calmantes para dormir? Não esqueça de compartilhar em suas redes sociais.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here