Grávida pode tomar chá de camomila?
Grávida pode tomar chá de camomila?

Será que grávida pode tomar chá de camomila? Durante a gestação uma das dúvidas das mulheres é o que elas podem ou não consumir para não gerar nenhum tipo de risco para o bebê em desenvolvimento. Isso também ocorre quando o assunto é chá.

E faz todo o sentido essas preocupações, além dá gravidez ser um momento muito especial na vida da mulher ela tem que se preocupar não apenas com ela mas também com o bebê que está crescendo em sua barriga.

Sem contar que o corpo e os hormônios da mulher mudam como um todo para poder adaptar o seu corpo para esse momento único.

Por esse motivo nem sempre o que faz bem (ou pelo menos não faz mal) para uma mulher não grávida também serve para uma mulher em gestação.

Principalmente durante a primeira gravidez é muito comum que a mulher fique até mesmo meio ‘paranoica’ com o que pode ou não comer.

E não é por menos, até mesmo alguns chás não são recomendados durante esse período.

Por exemplo, o chá de Kava-Kava não deve ser em hipótese alguma tomado durante a gestação pois pode trazer má formação para o fígado do bebê, assim como para o fígado da mãe. Inclusive pode resultar em hemorragias durantes o parto.

Então é natural que esse medo ocorra até mesmo com os produtos mais comuns e aparentemente inofensivos do dia a dia.

Por esse motivo, será que grávida pode tomar chá de camomila?

Vamos descobrir a seguir.

Além de explicar se grávida pode tomar chá de camomila ou não, também vamos falar de outros 4 tipos de chás que grávidas (ou mesmo bebês) podem tomar.

 

Grávida pode tomar chá de camomila?

Durante a gestação é comum que a mulher fique nervosa e ansiosa, principalmente conforme a gravidez avança e o momento do parto se aproxima cada vez mais.

O chá de camomila é muito utilizado pelas famílias brasileiras, mesmo que sem nenhum motivo, como ‘apenas’ para tomar um chá quando dá vontade.

Isso ocorre devido a facilidade de encontrar o chá de camomila em uma diversidade de comércios, como farmácias, lojas de produtos naturais e até mesmo mercados e supermercados.

Além disso, mesmo que a pessoa não saiba, o chá de camomila traz uma série de benefícios para o corpo e também para mente.

Então, grávida pode tomar chá de camomila ou não?

A resposta é: SIM.

É completamente possível e até mesmo indicado que uma grávida pode tomar chá de camomila.

Benefícios do Chá de Camomila

Um dos benefícios desse chá durante a gestação é que ele é um calmante e sedativo leve o que beneficia a futura mamãe em momentos de nervosismo, ansiedade ou mesmo insônia.

Porém, como tudo na vida, é importante evitar os excessos. Mesmo que grávida pode tomar chá de camomila ele não deve ser consumido todos os dias ou mesmo várias vezes em um único dia.

Não deve ser administrado dessa forma pois o corpo pode se acostumar (ou até mesmo se viciar) no chá, o que pode trazer um caso de abstinência leve quando a gestante parar o consumo.

Isso pode piorar casos de ansiedade e nervosismo.

Por esse motivo esse chá só deve ser administrado de forma esporádica. Mesmo que você não busque ingerir esse chá pelos seus benefícios e sim apenas pelo seu gosto, deve tomar esse cuidado.

Mas se engana quem pensa que o chá de camomila além do gosto agradável só serve para livrar a gestante de ansiedade ou nervosismo leve. Esse chá possui uma série de outros benefícios.

Entre os seus benefícios podemos citar:

  • Combate a ansiedade leve;
  • Combate ao nervosismo;
  • Relaxante muscular (o que ajuda a dormir melhor e também diminuir as dores nas costas e em outras partes do corpo);
  • Combate a insônia;
  • Facilita o dormir;
  • Melhora a qualidade do sono;
  • Alivio de cólicas estomacais, gases e até mesmo prisão de ventre;
  • Diminui enjoos (muito comum nos 3 primeiros meses de gestação);
  • Diminui a azia;
  • Ajuda no equilíbrio da glicose no sangue, auxiliando para evitar a chamada ‘diabetes gestacional’;
  • Fortalece o sistema imunológico da mãe e do bebê;
  • É antioxidante.

O antioxidante não é um benefício tão relativo para a gestação, mas está diretamente ligado a diminuição e combate dos radicais livres que o corpo produz.

Esses radicais livres são responsáveis por uma série de doenças que o corpo pode desenvolver com o tempo, entre essas doenças podemos citar o envelhecimento precoce da pele.

 

Grávida pode tomar chá de camomila? Como preparar o chá?

Então, reforçando a pergunta. Grávida pode tomar chá de camomila?

A resposta novamente, como vimos anteriormente, é SIM.

Mas uma coisa é poder tomar o chá, outra é saber como fazê-lo.

E aqui não estamos falando apenas do modo de preparo, mas também da concentração de camomila que deve ter nesse chá e também quantas vezes as gestantes podem tomar esse chá.

Abaixo apresentamos os ingredientes, modo de preparo e também como tomar. Confira:

 

Ingredientes:

  • 500ml de água;
  • 3 colheres de sopa de camomila;

Se comprar em sachê pode trocar as 3 colheres de sopa por 2 sachês de camomila.

 

Modo de preparo:

  • Coloque a aguá no fogo em um recipiente com tampa;
  • Espere a aguá ferver;
  • Desligue o fogo;
  • Adicione as colheres de sopa de camomila ou os sachês da mesma;
  • Tampe o recipiente;
  • Deixe descansar por 5 minutos;
  • Destampe o recipiente e com uma colher mecha o conteúdo;
  • Coe ou retire os sachês.

 

Essa quantia rende em média duas xicaras de chá prontos. Essa é a quantidade máxima que uma gestante deve consumir por dia.

Evite fazer esse consumo todos os dias, intercale com outro tipo de chá que uma gestante também possa tomar.

O ideal é consumir o chá morno, mas em casos de enjoo ele pode ser consumido frio ou mesmo gelado. Dá forma que ficar melhor para o seu estômago.

Uma contraindicação desse chá é que a gestante naturalmente sente mais sono que o ‘normal’ e esse chá pode desencadear ainda mais sonolência.

Por esse motivo, o ideal é consumi-lo 30 minutos antes de dormir.

Outra possibilidade é a de consumir quantidades menores durante o dia, como por exemplo, meia xicara de chá por vez.

 

Grávida pode tomar chá de camomila? Outros 4 chás que grávida pode tomar

Como comentado acima, o ideal é intercalar o chá de camomila com outros tipos de chás durante a gestação.

Mas quais outros tipos de chás a gestante pode tomar?

É isso que vamos responder logo mais abaixo para você.

Porém, gestantes não devem beber nem chás, nem ingerir outros alimentos que sejam estimulantes.

Evite Café e Chá Preto

Então evite o café, chá-preto ou mesmo o chocolate.

Na verdade, uma dica que é dado as futuras mamães é a de consumir uma pequena barra de chocolate (ou bombom, ou outro alimento que contenha chocolate) 30 minutos antes de fazer o ultrassom.

Para que isso? Para que o bebê se movimento no útero.

Nada mais frustrante para uma mãe do que tentar descobrir o sexo do bebê e não conseguir por ele estar de costas ou mesmo com as pernas cruzadas.

O chocolate por ser um estimulante que não agride o bebê (como o café faz, por exemplo) é ideal para que ele se movimente mais.

Isso facilita na hora de descobrir o sexo ou mesmo ver o corpo por completo já que ele se movimenta mais.

Agora que já explicamos isso, vamos falar de outros 4 chás que grávida pode tomar e seus benefícios.

  1. Chá de erva-doce;
  2. Chá de erva-cidreira;
  3. Chá de Alfazema;
  4. Chá de Capim-limão.

Abaixo falaremos de cada um deles.

 

1. Chá de erva-doce

O principal benefício, do chá de erva-doce para as mulheres que estão próximas do momento do parto é a estimulação da produção de leite.

Porém a erva-doce também ajuda no combate contra o nervosismo e ansiedade, sendo uma excelente escolha para alternar com o chá de camomila.

A erva-doce também é muito fácil de encontrar, seja em sachês ou em pacotes. Você pode encontrar em farmácias, drogarias, lojas de produtos naturais e até mesmo no mercado da esquina.

O chá de erva-doce possui muitos outros benefícios também, entre eles podemos citar:

  • Alivia a tosse;
  • Diminui o mal hálito;
  • Diminui a retenção de líquido que é um problema enfrentado pela maioria das gestantes;
  • Fortalece o coração da mãe e ajuda no bom desenvolvimento do coração do bebê;
  • Combate as cólicas estomacais e intestinais (bom para a mãe e também para o bebê recém-nascido);
  • Diminui as olheiras e dores nos olhos (fazendo compressas de algodão com o chá gelado).

O chá de erva-doce também é bom para mulheres que não estão grávidas, pois ajuda no combate as cólicas menstruais e também aos ‘calorões’ da menopausa.

Não é recomendado dar esse chá (e nenhum outro) para bebês menores de 6 meses de idade.

 

2. Chá de erva-cidreira

A erva-cidreira é outra facilmente encontrada em qualquer estabelecimento e também traz benefícios para a futura mamãe.

Assim como a erva-doce e a camomila, o chá de erva-cidreira também serve para acalmar a ansiedade e nervosismo. Além disso facilita o sono e melhora a sua qualidade.

Outros benefícios do chá de erva-cidreira são:

  • Alivia as dores de cabeça (ideal para não precisar tomar medicamentos quando esse problema surge);
  • Combate os gases tão comuns durante a gestação;
  • Diminui problemas de azia e má digestão quando ingerido gelado;
  • Um bom expectorante, aliviando a tosse;
  • Combate as cólicas intestinais.

A tosse pode ser um grande problema durante a gestação, principalmente se ela se manter por muito tempo.

Tossir constantemente durante o início da gravidez pode provocar, em casos mais graves, o aborto do feto.

Já durante o fim da gestação pode ocasionar na perda de líquido ou mesmo adiantando o parto.

 

3. Chá de Alfazema

A Alfazema (também conhecida como lavanda) também é um excelente chá calmante para a gravidez.

Como já falamos, grávida pode tomar chá de camomila? Pode sim.

Grávida pode tomar chá de alfazema? Também pode sim.

O chá de alfazema é um calmante natural leve que ajuda a aliviar sintomas de ansiedade, nervosismo e até mesmo insônia.

Esse chá também combate a agitação tanto da mãe quanto do bebê.

Sabe aqueles dias que você não consegue dormir pois o bebê não para de se mexer e chutar?

O chá de alfazema pode ser a solução para acalmar ele e você conseguir enfim dormir.

Mas, como os outros chás dessa lista, seus benefícios não param por aí.

Outros benefícios que podemos listar são:

  • Diminuir a pressão arterial (ideal para mães que estão sofrendo de pressão alta, mas deve ser evitado por mães que tenham pressão baixa);
  • Relaxa o corpo;
  • Diminui as dores de cabeça;
  • Regulariza o ritmo cardíaco;
  • Combate também o estresse.

 

  1. Chá de Capim-limão

O chá de capim-limão é o último da nossa lista ‘Grávida pode tomar chá de camomila? Outros 4 chás que grávida pode tomar’.

É o último mas não menos importante.

Porém esse chá não serve como calmante, por isso deve ser tomado devido aos seus outros benefícios para a gestante.

Entre esses benefícios podemos citar:

  • Ajuda no controle da pressão arterial;
  • Ajuda no combate a diabetes, isso inclui a diabetes gestacional;
  • Fortalece o sistema imunológico;
  • Ele é uma boa fonte de ferro, necessário tanto para mãe quanto para o bebê em desenvolvimento;
  • É relaxante muscular;
  • Melhora o sistema digestivo;
  • Ajuda na melhora do sono.

Ele também pode apresentar melhoras em sintomas de nervosismo e ansiedade em algumas gestantes, mas como não é algo que ocorre com todas, preferimos listar ele como um chá ‘não calmante’.

 

Chás que as grávidas devem evitar

Como dito lá no início, existem alguns chás que as grávidas não devem tomar.

Vamos elencar em uma lista aqui para ficar melhor a compreensão:

  • Kava-Kava;
  • Passiflora;
  • Sene;
  • Funcho;
  • Gengibre;
  • Chá-verde (também possui cafeína);
  • Chá-preto;
  • Arruda;
  • Canela;
  • Hibisco;
  • Chá mate;
  • Chá de boldo.

Esses são apenas alguns exemplos, mas, em geral, todo o chá ou bebida estimulante deve ser evitado durante esse período.

Alguns dos chás listados acima também podem ser abortivos.

O ideal é, antes de você ingerir qualquer bebida ou alimento que não saiba se faz bem ou não, consultar o médico que está cuidando da sua gravidez.

Portanto leve em consideração que o médico é um profissional capacitado e que tem mais conhecido do que qualquer artigo que você ler na internet.

Por esse motivo faça o que ele falar, não arrisque a sua saúde nem a do seu bebê.

 

Respondemos a sua dúvida de se grávida pode tomar chá de camomila? Não esqueça de compartilhar em suas redes sociais.

2 COMENTÁRIOS

FAÇA UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here