Calmante natural Passiflora

67
Calmante natural Passiflora
Calmante natural Passiflora – Foto: Easy To Grow Bulbs

Já ouviu falar do calmante natural Passiflora? Esse é um dos calmantes naturais mais conhecidos e difundidos deve aos seus diversos benefícios.

Se você não conhece pelo nome de Passiflora, talvez conheço ela como ‘flor do maracujá’.

Entretanto existem mais de 500 espécies de plantas da família ‘passiflora’. A flor do maracujá que é utilizada como calmante natural leva o nome de ‘Passiflora Incarnata’.

Sua ‘potência’ é tão expressiva que durante a Primeira Guerra Mundial tanto a Passiflora quanto o próprio maracujá eram utilizados por alguns países como forma de ‘acalmar os nervos’ dos soldados.

Quase todas as espécies de Passiflora são encontradas no Brasil, o que torna o nosso país o maior exportador de Maracujá do mundo.

Algumas tribos de índios brasileiras ainda hoje utilizam a passiflora inclusive no combate de machucados e feridas na pele devido ao seu poder de cicatrização.

Os benefícios da Passiflora também são encontradas no Maracujá, porém isso ocorre de uma maneira menos concentrada.

Quer conhecer todos os benefícios do calmante natural Passiflora? Então continue conosco.

Calmante natural Passiflora

Como dito, a Passiflora possui diversos benefícios.

Abaixo vamos apresentar uma lista com os principais desses benefícios. Confira:

  1. Insônia;
  2. Qualidade do sono;
  3. Ansiedade;
  4. Inflamação;
  5. Hiperatividade;
  6. Nervosismo;
  7. Equilíbrio do humor;
  8. Contra pressão alta;
  9. Emagrecimento.

Em seguida explicaremos cada um deles.

  1. Insônia

Talvez o efeito mais conhecido tanto da Passiflora quanto do Maracujá seja o seu ‘poder de sono’.

O calmante natural Passiflora é um forte aliado no combate contra a insônia.

Se você fizer uso desse calmante natural por esse motivo deve tomar 1 xícara desse chá no período da noite com antecedência de 30 minutos antes de deitar para dormir.

  1. Qualidade do sono

Digamos que você não sofre dos problemas de insônia, mas acorda várias vezes durante a noite, tem pesadelos, rola tanto de um lado para o outro que não sobra nem o lençol na cama.

Dai quando acorda pela manhã se sente mais cansado do que quando se deitou para dormir.

Nesses casos o calmante natural Passiflora também ajuda muito.

Além de combater a insônia ele promove a melhor qualidade do sono e noites melhores dormidas.

Dessa forma você acordo com bem mais energia e também mais disposto pela manhã.

  1. Ansiedade

A Passiflora também contribui para a sensação de relaxamento, tanto físico quanto ‘mental’.

Ela auxilia a liberação de hormônios responsáveis pelo bom humor, relaxamento e também do prazer, como a serotonina, contudo pessoas com crises de ansiedade tem seus sintomas amenizados em muito com o uso regular da Passiflora.

  1. Inflamação

Um ótimo anti-inflamatório, assim como cicatrizante.

Como dito lá no início, ele não é utilizado pelos índios ‘atoa’.

Inflamações nas articulações e musculares também tem melhora com o uso continua da Passiflora.

  1. Hiperatividade

Aqui quando nos referimos a hiperatividade estamos falando da ‘doença’ em si.

Atualmente é muito comum dizer que uma pessoa ou criança que fala muito rápido, faz muitas coisas ao mesmo tempo, corre sem parar, faz uma bagunça na casa e etc é hiperativa.

Infelizmente isso é uma forma de ‘diminuir’ um problema tão sério que acomete as pessoas que realmente sofram de hiperatividade ou mesmo TDA.

Hiperatividade é um problema sério que afeta a vida da pessoa de uma forma geral.

Para esses casos o calmante natural Passiflora atua diminuindo os sintomas da Hiperatividade e também trazendo mais ‘clareza’ ao pensamento ‘rápido’ da pessoa.

  1. Nervosismo

Assim como a ansiedade, o nervosismo também atinge milhares de pessoas só aqui no Brasil.

A Passiflora é excelente para o combate ao nervosismo dá mesma forma que atua contra a ansiedade.

Mas você sabe a diferença entre ansiedade e nervosismo?

De forma bem resumida e rápida:

Ambos possuem os mesmos sintomas, como:

  • Mãos frias e suadas;
  • Aperto no peito;
  • Enjoos;
  • Sensação de estar perdido.

Esses são apenas alguns exemplos.

A diferença é que o nervosismo ocorre de formas pontuais, como por exemplo, antes de uma prova importante, uma entrevista de emprego ou até mesmo um assalto.

Já a ansiedade é quando você sente isso durante longos períodos (dias ou até mesmo semanas).

  1. Equilíbrio do humor

Como já comentado em um tópico anterior, o calmante natural Passiflora traz a sensação de bem-estar e libera hormônios como a serotonina.

Isso é fundamental para o equilíbrio do bom humor.

Se você se sente ruim em boa parte do tempo, como por exemplo, com mau humor ou mesmo raiva sem nenhum motivo aparente, a Passiflora pode ser o que você precisa.

  1. Contra pressão alta

Pessoas com pressão alta tem a tendência a ter uma queda dessa pressão, trazendo ela para mais perto da normalidade.

Em muitos casos isso ocorre pois problemas de pressão alta podem estar ligados a casos de nervosismo ou ansiedades.

Porém a passiflora também possui antioxidantes que, entre outras coisas, combatem os lipídios oxidados que podem obstruir veias e artérias parcialmente, elevando assim a pressão.

  1. Emagrecimento

Muito se fala que a Passiflora ajuda no emagrecimento das pessoas, mas será que isso é mesmo verdade?

Pois bem, ela em partes é verdade.

Pessoas que sofrem de ansiedade, nervosismo ou mesmo depressão tem a tendência a ‘descontar’ tudo isso na comida, portanto acabam comendo muito mais do que o necessário.

Como o calmante natural Passiflora atua contra o nervosismo, ansiedade, entre outras coisas, ele ajuda a combater aquela ‘fome’ descontrolado.

Dessa forma a pessoa come menos, podendo assim emagrecer com mais facilidade.

Considerações finais

Pessoas que sofram de pressão baixa não devem tomar Passiflora sem antes consultar um médico ou especialista.

Da mesma forma a Passiflora não deve ser ingerida sem acompanhamento médico nos seguintes casos:

  • Gestantes;
  • Lactantes;
  • Idosos;
  • Crianças;
  • Bebês.

Ela também pode atuar de forma positiva contra sintomas da menopausa, como a irritabilidade repentina e até mesmo os ‘calorões’.

Problemas gástricos, também tem melhora com o uso da Passiflora.

Um dos principais efeitos colaterais do calmante natural Passiflora é a sonolência, principalmente nos primeiros dias.

Se isso te atrapalhar de alguma forma, diminua as doses diárias.

Se o problema persistir, suspenda o uso e procure um médico.

Você pode encontrar Passiflora das seguintes formas:

  • Chás;
  • Tinturas;
  • Comprimidos ou capsulas.

Gostou? Não esqueça de compartilhar em suas redes sociais.

Leia Também

FAÇA UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

16 + treze =