barriga de gestante
A gestação pode ser um período estressante para a mulher

Crise de choro, ansiedade, medo de não ser uma boa mãe, existem muitos fatores que podem deixar a gravidez mais estressante. No entanto, é importante tomar cuidado na hora de pensar em dar calmante para gestante. Se trata de uma fase especial, em que o organismo passa por muitas transformações.

Antes de tudo, é importante que a mulher viva em um ambiente tranquilo. Cabe a quem está ao seu redor fazer o possível para amenizar seus sintomas. E quando isso não for possível, é preciso avaliar o tipo de calmante a ser utilizado.

Entenda melhor o que ajuda e o que é perigoso para as grávidas!

Remédios calmantes — só com receita médica

remédio calmante
Remédios calmantes só podem ser tomados com receita médica

O que funciona para a vizinha, não necessariamente funciona com você. Por isso, é essencial evitar tomar qualquer tipo de medicamento por conta própria. E isso inclui os remédios calmantes.

As fórmulas naturais costumam ser liberadas para a maioria das pessoas, por contarem com elementos vindos da natureza. No entanto, sua ação nem sempre é indicada para grávidas.

Há chás simples, do nosso dia a dia, que correm o risco de agir como abortivos. Imagine, então, as fórmulas farmacêuticas utilizadas de forma equivocada. É preciso sempre que um profissional avalie as condições clínicas e defina o melhor tratamento com sintéticos. E, principalmente, se há mesmo a necessidade de tomar alguma medicação.

Sempre que você sentir que está sendo inundada por pensamentos ruins ou começar a suar frio, por exemplo, converse com seu médico. As crises de ansiedade precisam ser levadas a sério, especialmente nessa época da sua vida. Um pouco de estresse é comum, porém, não pode atrapalhar sua rotina de forma alguma.

Chá calmante para gestante – o que pode e o que não pode

xícara de chá com estampa de rosas
Um chá calmante é sempre muito eficiente

Falando agora dos calmantes naturais, existem muitas opções que são seguras para as grávidas. Da mesma forma, há os que devem ser evitados, com risco de atrapalhar a gestação de alguma forma.

Dentre os indicados estão:

Chá de erva-cidreira

Com efeito relaxante e calmante, a erva-cidreira contribui para diminuir os níveis de ansiedade e estresse. Além disso, ajuda na digestão, o que é um bônus extra, já que a gestação pode ser acompanhada de prisão de ventre (o que também causa o aumento da tensão emocional). Beber chá de erva-cidreira é útil ainda para o sono, ajudando a dormir melhor.

Chá de Rooibos

Sabe aquela substância que não é tão popular mas faz milagres? Então, esse é o rooibos. O arbusto sul-africano pode ser encontrado em casas de especiarias e comércios holísticos. Também conhecido como chá vermelho, diminui o refluxo durante a gravidez e é uma ótima fonte de antioxidantes. É rico em magnésio e cálcio, sendo livre de cafeína. Portanto, não é um estimulante, o que o torna mais seguro para esse período.

Chá de hortelã

Aliado do estômago, o chá e hortelã alivia também tensões musculares. É um calmante natural tanto por sua composição como por seu aroma. No entanto, ainda que seja saudável, as grávidas precisam tomar cuidado. Em algumas mulheres, seu consumo diminui o estresse mas aumenta a sensação de azia.

Chá de gengibre

Talvez sua mãe ou avó tenha dito para tomar cuidado com o gengibre, não é verdade? No entanto, pode ficar tranquila. Beber chá de gengibre diminui os níveis de ansiedade naturalmente e ainda reduz os enjoos matinais. O importante, porém, é que deve ser consumido com moderação, não passando de 200ml ao dia.

Chá de folha de folha de framboesa

Outro exemplo não tão popular, a folha de framboesa é rica em cálcio, magnésio e ferro. É mais indicado a partir dos 6 meses de gestação. Isso porque, além de acalmar, ajuda a fortalecer o útero, preparando para o trabalho de parto. É um excelente aliado para prevenir sangramentos e hemorragias após o nascimento do bebê.

Enquanto esses chás estão liberados, há outros que devem ficar fora da vida da gestante durante os 9 meses. São eles:

  • chá de urtiga;
  • chá de dente de leão;
  • chá de poejo;
  • chá de raiz de alcaçuz;
  • chá de sálvia;
  • chá de salsinha;
  • chá de chicória.

Além destes, é importante ficar atento com o chá de camomila. Embora seja um dos melhores calmantes naturais, a camomila pode ter uma ação muito intensa no organismo feminino. As propriedades anti-inflamatórias exigem cuidado.

Não existem estudos recomendando ou proibindo a camomila, no entanto, os médicos costuma pedir cautela com seu uso nos primeiros meses de gestação.

Meditação como calmante para gestante

barriga de gestante com flor
Uma rotina adequada ajuda a gestante a ter mais tranquilidade

Mais do que nunca, durante a gestação é indispensável buscar sempre as soluções mais naturais e menos invasivas para os problemas. Esse é sempre o caminho mais seguro para a mãe e o bebê. E no topo da lista de calmantes para grávida está a meditação.

Embora seja encarada ainda com desconfiança, a meditação permite que a mulher tenha um melhor controle de seus pensamentos. As técnicas são muitas, porém, duas formas podem ser mais práticas:

  1. procure um vídeo de meditação guiada: existem diversas opções no youtube ou mesmo em aplicativos para celular. Sente-se em um lugar confortável e ouça as palavras até que sua mente fique o mais vazia possível. Mesmo que você consiga apenas por um minuto, já será de grande ajuda para sua mente;
  2. concentre-se na sua respiração: essa é uma técnica que funciona especialmente antes de dormir. Inspire o ar por 8 segundos, segure o ar por 4 segundos e expire por 6 segundos, pode ficar de olhos fechados. Mantenha a concentração apenas na respiração e você vai perceber como todos os pensamentos se desfazem. Na terceira repetição, você já estará abrindo a boca de sono. E se não estiver, é porque faltou concentração.

Vale dizer que essas são apenas sugestões e que existem muitas outras à disposição. É possível que a gestante se acalme de forma segura e natural.

Para encerrar, vale reforçar que dar calmante para gestante só é perigoso se for feito de forma inconsequente. Buscar substâncias naturais sem cafeína, por exemplo, é seguro e bastante indicado. Para qualquer componente mais forte, é indispensável ter a opinião do especialista.

Se você está grávida e quer mais dicas de como se manter calma, siga nossas redes sociais! Sempre temos novos conteúdos sobre o assunto!

FAÇA UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here