mulher com enxaqueca
Um crise de enxaqueca pode ser debilitante

Uma dor de cabeça já é ruim. Agora imagine uma crise que pode causar náusea, enjoo e sensibilidade a som e luz, e você não sabe o que fazer. É quando tomar chá para enxaqueca pode ser a resposta.

As enxaquecas são um tipo de dor de cabeça que podem causar dor severa e os sintomas descritos acima. A doença afeta, em média, 1 a cada 7 pessoas no mundo. E às vezes surge sem avisar. É quando fica a dúvida: é melhor tomar remédio ou buscar algo mais natural?

Entenda o que é o melhor a fazer!

Quando é melhor tomar chá para enxaqueca

xícaras de chá
Chás naturais podem ajudar nas crises de enxaqueca

O uso de medicamento contra a enxaqueca pode ser essencial. Entretanto, há quem prefira utilizar substâncias naturais antes de ter que apelar para medicamentos. E realmente existe opções orgânicas eficientes.

É importante tomar o chá contra enxaqueca, no entanto, não apenas durante as crises. Geralmente existe um gatilho que leva à dor, porém, enquanto você não consegue descobrir do que se trata, é importante tentar prevenir seu surgimento. Tomar as substâncias com regularidade contribui para evitar ou deixar a crise menos intensa.

Claro que, vale dizer, os chás são uma opção importante, mas tudo depende da sua crise. É essencial procurar ajuda especializada se você tiver crises regularmente.

Qual é o melhor chá para enxaqueca

Um dos melhores calmantes naturais contra o estresse é o chá de camomila
Um dos melhores calmantes naturais contra o estresse é o chá de camomila

Se você tem dores intensas apenas eventualmente, os chás para enxaqueca podem ser suficientes. Veja quais são os maiores aliados!

Chá de Gengibre

O gengibre é sempre muito utilizado para melhorar problemas estomacais. Para a enxaqueca, o que esse chá faz é diminuir os sintomas que acompanham as crises, como a náusea.

Um estudo publicado pela Phytotherapy Research apontou que substâncias presentes no chá de gengibre podem funcionar como tratamento contra a enxaqueca. A pesquisa acompanhou 100 participantes, divididos em dois grupos. Enquanto um grupo recebeu remédio, outro consumiu chá de gengibre. O resultado foi que, apesar do grupo não saber o que estava tomando, o gengibre foi praticamente tão efetivo quanto a medicação.

Embora ainda não exista uma explicação definitiva para que isso tenha acontecido, é provável que o efeito no estômago tenha relevância. Para situações em que a alimentação funciona como gatilho para a dor, o gengibre ajudaria a acalmar as causas da crise.

Chá de camomila

Um dos calmantes naturais mais eficientes, o chá de camomila também ajuda a prevenir crises de enxaqueca.

Uma publicação do Pharmacognosy Review analisou a ação do chá também entre quem sofre com as dores de cabeça severas. Após três testes diferentes, a pesquisa apontou uma melhora considerável entre aqueles que consumiram o chá.

De acordo com o estudo, a presença de lactonas sesquiterpênicas e flavonóides na erva natural seria eficaz para ajudar na melhora dos sintomas.

Chá de hortelã

Grande aliado contra o estresse e na prevenção de náuseas, esse chá é ótimo para melhorar dores e problemas estomacais. E, mais uma vez, são sintomas relacionados à ocorrência de enxaquecas.

O principal ingrediente ativo da hortelã é o mentol. Esse componente oferece uma sensação de limpeza e frescor, e ainda contribui para diminuir inflamações naturalmente. Ainda que leves, inflamações podem causar as dores sem que o organismo dê sinais de que já algo errado.

Além de beber o chá, passar óleo de hortelã na testa é outra opção dos tempos de nossas avós, mas com fundo científico. Por meio de sua ação, é possível melhorar especialmente as dores de origem sinusal.

Chá verde

Super famoso, mas por sua ação emagrecedora, o chá verde alivia dores e aumenta a sensação de relaxamento durante crises de enxaqueca.

Com alta concentração de antioxidantes, esse chá contribui para o organismo como um todo. Essa melhora na imunidade seria suficiente também para reduzir o número de crises.

Uma pesquisa do Journal of Headache Pain descobriu ainda que o chá verde melhora o humor e aumenta a sensação de alerta. A presença de cafeína na fórmula garantiria mais energia, o que facilitaria a prática de atividade física.

Chá de casca de salgueiro

Pouco popular no Brasil, o chá de casca de salgueiro diminui dores naturalmente. Usado desde a antiguidade, auxilia em dores de cabeça, de coluna, e é especialmente utilizado para doenças como artrite, que exige um relaxamento maior.

Sua atuação seria tão eficiente que cientistas avisam que é melhor não tomar aspirina durante o uso do chá. Essa mistura aumentaria a anticoagulação sanguínea de forma descontrolada.

O ideal é que esse chá não seja usado por pessoas que tenham algum tipo de distúrbio ou doença no sangue.

O consumo desses chás pode ser feito tanto durante crises como na rotina de prevenção. Suas propriedades naturais podem ajudar a reduzir a ocorrência da dor

Por que tomar cuidado com a cafeína

xícara de café
A cafeína pode servir de gatilho para a dor

Vale dizer que, com exceção do chá verde, estamos falando apenas de chás sem cafeína. O que acontece é que essa substância é comumente apontada como gatilho para o aparecimento da dor. Portanto, é preciso levar em consideração a sua sensibilidade à ingestão de cafeína.

E, obviamente, isso inclui evitar o café durante alguns dias. Será uma oportunidade de perceber se a bebida contribui para o surgimento da dor ou não.

A gente sabe que, para algumas pessoas, a cafeína pode até ajudar a melhorar a crise. Portanto, é essencial sempre levar o seu organismo em consideração na hora de definir a melhor conduta.

Quando buscar ajuda especializada

Para encerrar,  vale reforçar a necessidade de procurar ajuda especializada sempre que necessário. Enxaquecas ocasionais, por exemplo, podem ser combatidas com chás, porém, sempre há a necessidade de investigar o que causa a dor.

Já para enxaqueca crônica, que surge com uma certa frequência, o acompanhamento médico é imprescindível. Como o desconforto é capaz de comprometer a qualidade de vida, é indispensável fazer exames para descobrir se não há nada além das crises.

Também vale dizer que seu corpo envia sintomas do que está acontecendo. Mesmo em dúvida, desconfie da sua alimentação e de seus hábitos sempre que surgir uma dor inesperada.

Você costuma ter dores de cabeça fortes? Com que frequência? Já tomou chá para enxaqueca alguma vez? Deixe seu comentário falando como tem sido sua experiência. Teremos o maior prazer em conhecer sua história!

FAÇA UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here